Quinta-feira, 15 de Janeiro de 2015

GRADES

11.jpg

Se te cantar é como uma prisão

onde te vejo imerso em  abandono

incuria  e mais que isso podridão

do vento não, das garras do teu dono.

 

se te cantar com mágoa e com saudade

me encharco nas ranhuras dos teus veios

falta-te a luz a cor  a urbanidade

a tensão eriçada dos teus seios.

 

e das grades que tomas com brandura

estreitas verde painel dos teus segredos

talvez um dia nasça o sol, altura

 

de  te vestires e adornares os dedos

de endireitares os troncos e a postura

de natureza livre  em mil aedos.

 

publicado por Peter às 16:21

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 4 de Janeiro de 2010

FADO DO BUSSACO

              

 

          FADO DO BUSSACO

 

              Dois beijos tiveste um dia

              D'aurora quando nasceste

              E à tarde quando morreste

              Do sol que também morria

 

              E o sol  no espaço dum dia

              Que mais podia fazer

              Quer dar-te um beijo ao nascer

              E outro quando morria

 

              Mandei ler a minha sina

              Na palma da tua mão

              Deu-me a sorte andar contigo

              Dentro do  meu coração

 

           ( cantado por António Menano )

             

publicado por Peter às 16:52

link do post | comentar | favorito
Domingo, 22 de Novembro de 2009

SONETOS DO BUÇACO

 

Do autor, segundo livro de poemas,

agora uma colectânea de cento e vinte

sonetos clássicos  na sua maior parte

sobre o Buçaco onde, na sua totalidade,

foram escritos.

 

   Uma pequena fonte e um quadrado

    com musgo e folhas num Outono lento,

    o banco tosco, aquele onde me sento

    contornos do meu ser silenciado.

 

    ouve-se àgua a cair e jorra pouca,

    comparo-a comigo,mais experiente,

    conhece o sentimento e muita gente

    se debruça e lhe dá beijos na boca.

 

    acoitam-se na sombra da folhagem

    os últimos calores do mês de Outubro,

    artérias dum colchão laranja rubro

 

    revestindo o perfil, buscando imagem,

    tal como eu, escondido, me descubro

    procurando cerzir-me na engrenagem.  

publicado por Peter às 18:06

link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
28
29
30
31

.posts recentes

. GRADES

. FADO DO BUSSACO

. SONETOS DO BUÇACO

.arquivos

. Outubro 2017

. Julho 2017

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Agosto 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Setembro 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Junho 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Junho 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Agosto 2012

. Janeiro 2012

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. todas as tags

.favorito

. ♥ Lay all your love on me...

.links

.as minhas fotos

.VISITAS

blogs SAPO

.subscrever feeds