Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BUSSACO

PROPRIA DOMUS OMNIUM OPTIMA

BUSSACO

PROPRIA DOMUS OMNIUM OPTIMA

23
Fev16

AINDA JOSEFA DE ÓBIDOS

Peter

578714_10200816698774369_430988793_n

 L embram-se deste quadro da Senhora do Leite da  autoria

de Josepha de Óbidos? Ardeu na véspera de Natal do ano

de 2013 no Convento do Buçaco  por incúria da chamada

Fundação Buçaco, que é um apêndice da Câmara da Mealhada.

Soube-se apenas , por análises levadas a cabo pela policia

judiciária, que se tratava duma  obra fidedigna daquela

autora, mas os responsaveis por aquela Fundação-Afundação,

ficaram impunes perante a destruição gratuita dum  valioso

património do Buçaco e da região centro.

É assim que se governa Portugal sem responsabilidades,

entre amigos e compadres!!!!

03
Fev11

BUÇACO A SAQUE ?

Peter

 

Um testemunho  independente,

 sobre o abate de àrvores

 

A revista Visão , no seu nº 933 de  20/2/1/2011 dedica

uma página aos abates de árvores no Bussaco e diz ,

 pela voz autorizada de quem sabe , e cito :

 

...É o chamado abate destrutivo.As marcas de rodas

gigantes comprovam a entrada de maquinaria pesada

...ante a grande clareira aberta ao lado da

Porta do Serpa.O trabalho não poderia ser entregue

a um madeireiro, isto é uma mata não é um pinhal

....em vez de desmontadas,as àrvores, algumas de

grande porte,foram cortadas pela raiz ,destruindo ,

na queda ,outras cujo corte não estava previsto.

Vê-se um cedro do Bussaco totalmente mutilado,

cedros do Atlas estropiados,azevinhos cortados pela

raiz e ramos soltos espalhados entre a vegetação

 cortada...etc,etc ,etc

 

 

12
Nov10

BUÇACO , FONTE SÊCA

Peter

                    FONTE DE Stº ELIAS SECOU   

                                                                                                           

  

                                                                                                           

 Foi mandada construir pelo bispo João de Melo  esta

 fonte de água ferrea num local um pouco acima

do actual e no século XIX  reconstruida um pouco

 mais abaixo na estrada da Porta da Rainha. Hoje é

 uma , entre outras,que está seca.

 Afundou-se ????

 Não.  Naturalmente porque ninguém trata da mina

 da nascente  que brota acima.

 

 

                                                                                                                                                                 

 Aqui está a bica  e o tanque para onde corria   no

 ano passado, a água que já não corre. Não se trata,

 como sugere o título,da Fonte de Stº Elias sêca,

 mas mais da falta de higiene e limpeza  em que  a

 devem querer manter.

 Nem  Elias, mesmo profeta, pode fazer nada por

 esta dádiva de Deus !

08
Ago10

FUNDAÇÃO SOCRÁTICA

Peter

 

Queixam-se os autarcas que a Fundação não tem dinheiro.

Ora  tratando-se a Mata do Buçaco dum património nacional

não faz sentido ser  mais ou menos municipalizada.

Nunca se espere dum municipio que gere espaços  paroquiais,

neste caso o da Mealhada , a conservação correcta dum

património nacional.

Se é nacional, é à nação que compete gerir.

O que fez a nação socrática ?? Criou mais uma Fundação.

Já são tantas, mais uma menos uma não significa nada.

Veio a talho de foice, mais uma administração para a clientela

partidária e umas prateleiras douradas para os profissionais

que no Ministério respectivo deviam gerir o Buçaco .

Passou-se portanto a dobrar nos salários.

Uns para nada fazerem, outros para pedir dinheiro para fazer.

Onde não há, como se  sabe, para o que é preciso.

E como o governo parece não dar, até as eleições partidárias

servem para o reeinvindicar, como se o governo fosse

o próprio partido.

Enfim, umas confusões dos diabos em tempos  ditos democráticos!

Assim nascem as afundações deste país.

Tudo se mantém na mesma quietude, na mesma paz podre

e pobre da velha nação dportuguesa. 

 

Mais sobre mim

foto do autor

VISITAS

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D