Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BUSSACO

PROPRIA DOMUS OMNIUM OPTIMA

BUSSACO

PROPRIA DOMUS OMNIUM OPTIMA

19
Set15

SACRAMENTO

Peter

CSC_0753[1].jpg

De Caifaz ao Santo Antão  é um  passo, mas embora

não pareça entre os dois pontos de observação estão

as Portas de Coimbra. Visto mais ou menos de helicóptero

dá isto que está aqui.

... ... ... ... ... ...

Já subi o Marão, vi  o Gerês,

cruzei ousado os serros dos Herminios

e o peito dilatou-se ao montanhez,

como ás àguias se espraiam os domínios...

 

Ao Bussaco! do vértice sereno

parece enamorar-nos o infinito!

palpita a luz na relva e no granito!

troque-se o monte pelo vale ameno.

 

E fomos assentar-nos à Cruz Alta.

 ... ... ... ... ...   

  (Cândido Figueiredo)

 

 

28
Jan15

O BUÇACO MUNICIPALIZADO

Peter

 

 

estragos.jpg

Lenhas amontoadas  e largas clareiras a cada passo.

 Se o post anterior mostra um Buçaco visto pela parte

de cima onde o verde tapa o que vai no interior e mostra

um conjunto agradável, esta fotografia  obtida no mesmo

dia mostra o que vai pela parte de baixo , onde os estragos

provocados pelas  intempéries de há dois anos continuam

evidentes  e falhos de intervenção eficaz. 

De ano para ano, a doença cresce e como  no Portugal  dos

nossos dias o dinheiro só chega a  banqueiros e a esta

fundação criada pelo Socrates , agora das romarias ao

templo da Diana ,não chegará verba suficiente

nem insuficiente para recuperar património.

Um faz de conta alías, como o do todo nacional!!!

 

 

 

15
Jan15

GRADES

Peter

11.jpg

Se te cantar é como uma prisão

onde te vejo imerso em  abandono

incuria  e mais que isso podridão

do vento não, das garras do teu dono.

 

se te cantar com mágoa e com saudade

me encharco nas ranhuras dos teus veios

falta-te a luz a cor  a urbanidade

a tensão eriçada dos teus seios.

 

e das grades que tomas com brandura

estreitas verde painel dos teus segredos

talvez um dia nasça o sol, altura

 

de  te vestires e adornares os dedos

de endireitares os troncos e a postura

de natureza livre  em mil aedos.

 

11
Fev09

O ERMO

Peter

O ermo do Bussaco era humildade,

e pobreza de espíritos credentes,

ermidas que não foram de verdade,

eiras de cereais só aparentes.

.

a bispos de Coimbra foi que coube

impulsionar a edificação,

presume-se perdão, do quanto houve

de irracional na santa inquisiçao.

.

mas deixaram ficar, oh natureza

por linhas de escrita rectilinea,

gigantes que plantaram, a pureza

.

paralela á fogueira, á ignomínia,

contrariando a morte e a vileza

com àrvores do Brasil e da Abissinia.

Mais sobre mim

foto do autor

VISITAS

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D