Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BUSSACO

PROPRIA DOMUS OMNIUM OPTIMA

BUSSACO

PROPRIA DOMUS OMNIUM OPTIMA

02
Dez12

MECOS AMBIENTAIS

Peter

 Mecos tradicionais sobre regatos do piso


Mecos na Fonte Fria,uma eventual noticia de jornal

 

Uma das primeiras grandes obras, senão mesmo a primeira, da

fundação buçaquina foi a colocação destes elegantes mecos na Fonte

Fria impedindo  a paragem e estacionamento de viaturas ligeiras.

Deve registar-se que desde o tempo das invasões francesas 

tal proibição não acontecia . Carroças e burriqueiros sempre

estacionaram á vontade para dar descanso aos burros.

Parece que a protecção da fauna hoje o exige tal como a defesa

da floresta reliquia, os pilriteiros da Cruz Alta, um habitat natural,

que constitue uma verdadeira descoberta de polvora seca feita pela

diligente fundação. E está por descobrir ainda a gilbardeira!

O único problema é chegar àquele lugar  para visitar a especie rara , 

porque a estrada que  leva ao cume da serra está praticamente

impraticavel com a renda de bilros lavrada nos restos do alcatrão.

Apurou-se ainda que a  mesma estrada foi devidamente pavimentada

até á Porta de Sula aquando da visita relâmpago de Sua Exª o Presidente

da Republica, ao Obelisco evocativo da Batalha nos seus 200 anos

de idade. Como para cima Sua Excelência não seguiu , o alcatrão também

não. Ficou por ali, para o Zé, mesmo turista, qualquer alpercata serve.

Entretanto os lugares de estacionamento desocupados na Fonte Fria

pelos elegantes mecos servem agora para protecção do ambiente

acumulando lamas, lixo e regos de água da chuva que lhe vão

desventrando o miolo do solo.


Enternecedora bordadura de vereda ambiental


Porém miolo é o que em mais abundância existe no Buçaco,

de modo que enquadrando a medida do parqueamento na da limpeza,

verifica-se que o lugar foi nesta matéria abandonado , tanto quanto

pudemos verificar desde o lago de vale dos Fetos à Curva da

Ribeira.

Junta-se á primeira foto dos elegantes mecos, a da esmerada

limpeza biológica de toda a zona. Quem duvidar, pode usar as pernas

e ir ver! Por mim, já lhe usei !!!

 


Um banco tradicional de origem carmelita faz parte integrante do

excelente mobiliário da zona , onde se pode ainda destacar

exemplar WC de último modelo.

Quem tem a ousadia de dizer  mal da excelência????

Mais sobre mim

foto do autor

VISITAS

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D