Sábado, 19 de Setembro de 2015

SACRAMENTO

CSC_0753[1].jpg

De Caifaz ao Santo Antão  é um  passo, mas embora

não pareça entre os dois pontos de observação estão

as Portas de Coimbra. Visto mais ou menos de helicóptero

dá isto que está aqui.

... ... ... ... ... ...

Já subi o Marão, vi  o Gerês,

cruzei ousado os serros dos Herminios

e o peito dilatou-se ao montanhez,

como ás àguias se espraiam os domínios...

 

Ao Bussaco! do vértice sereno

parece enamorar-nos o infinito!

palpita a luz na relva e no granito!

troque-se o monte pelo vale ameno.

 

E fomos assentar-nos à Cruz Alta.

 ... ... ... ... ...   

  (Cândido Figueiredo)

 

 

publicado por Peter às 19:07

link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 15 de Janeiro de 2015

GRADES

11.jpg

Se te cantar é como uma prisão

onde te vejo imerso em  abandono

incuria  e mais que isso podridão

do vento não, das garras do teu dono.

 

se te cantar com mágoa e com saudade

me encharco nas ranhuras dos teus veios

falta-te a luz a cor  a urbanidade

a tensão eriçada dos teus seios.

 

e das grades que tomas com brandura

estreitas verde painel dos teus segredos

talvez um dia nasça o sol, altura

 

de  te vestires e adornares os dedos

de endireitares os troncos e a postura

de natureza livre  em mil aedos.

 

publicado por Peter às 16:21

link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 3 de Dezembro de 2009

CONVENTO FOTO

  Dos primórdios da fotografia,uma espectacular imagem do

  Convento dos Carmelitas Descalços do Buçaco.

  Neste lugar está hoje o Palácio Hotel.

publicado por Peter às 18:15

link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 22 de Novembro de 2009

SONETOS DO BUÇACO

 

Do autor, segundo livro de poemas,

agora uma colectânea de cento e vinte

sonetos clássicos  na sua maior parte

sobre o Buçaco onde, na sua totalidade,

foram escritos.

 

   Uma pequena fonte e um quadrado

    com musgo e folhas num Outono lento,

    o banco tosco, aquele onde me sento

    contornos do meu ser silenciado.

 

    ouve-se àgua a cair e jorra pouca,

    comparo-a comigo,mais experiente,

    conhece o sentimento e muita gente

    se debruça e lhe dá beijos na boca.

 

    acoitam-se na sombra da folhagem

    os últimos calores do mês de Outubro,

    artérias dum colchão laranja rubro

 

    revestindo o perfil, buscando imagem,

    tal como eu, escondido, me descubro

    procurando cerzir-me na engrenagem.  

publicado por Peter às 18:06

link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 15 de Junho de 2009

MONTE BUÇACO-POESIA

                                                               

  


                               

                                                                                            

ESTÁ NO MERCADO O PRIMEIRO LIVRO DE POESIA  SOBRE O BUÇACO.

CHAMA-SE MONTE BUÇACO E È DA AUTORIA DO AUTOR DESTE BLOG

    ...não se mexem as folhas, não há vento/nem a luz se adivinha pelo buraco/das copas recortadas...

 

 

Pode ser adquirido em Livraria S. João-LUSO ao preço de 15 euros

Ou ECOPY-macalfa . tele.916894585 fax 225023032

ou via net : ferrazsilva@sapo.pt

publicado por Peter às 22:56

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Sexta-feira, 7 de Novembro de 2008

SONETO

 

BUÇACO

Gosto de me perder nos teus caminhos

de mata antiga, troncos centenários,

errando-me contigo, desalinhos

dum húmus que nos fez aqui gregários.

 

revejo-me nas sombras dos gigantes

modelados nas tuas curvaturas,

a elevar o húmus, tão constantes

na direcção da luz pelas alturas.

 

tens o controle do tempo, espaço ameno

artérias a sulcar por todo o ser

onde procuro o meu haver sereno

 

na vida dos teus ramos a crescer

eu, que ao pé de ti sou um pequeno

e inútil deus quase a desaparecer.

 

publicado por Peter às 12:51

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
28
29
30
31

.posts recentes

. SACRAMENTO

. GRADES

. CONVENTO FOTO

. SONETOS DO BUÇACO

. MONTE BUÇACO-POESIA

. SONETO

.arquivos

. Outubro 2017

. Julho 2017

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Agosto 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Setembro 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Junho 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Junho 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Agosto 2012

. Janeiro 2012

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. todas as tags

.favorito

. ♥ Lay all your love on me...

.links

.as minhas fotos

.VISITAS

blogs SAPO

.subscrever feeds